Buscar

Padrão de entrada, tudo o que você precisa saber!

Para que a concessionária de energia da sua cidade possa ligar sua luz, é necessário a instalação de um padrão de entrada, o qual é o principal ponto de entrada de energia elétrica. O padrão é um conjunto de instalações composto por:

· Ramal de entrada: O ramal de entrada é o conjunto de condutores e acessórios, geralmente instalados pelo consumidor, entre o ponto de entrega e a medição ou a proteção de suas instalações;

· Caixa de medição: tem a função de proteger os componentes contra danos como por exemplo, chuva, sol, contado involuntário das pessoas nos componentes;

· Wattímetro (medidor de energia): tem a função de realizar a medição de consumo da residência em KWh (potência hora);

· Disjuntor: tem a função primária de proteger a instalação elétrica e também é um dispositivo de manobra externa da residência;

· Hastes de aterramento: Proteger equipamentos, proteger pessoas contra os choques e ajudar no bom funcionamento de outros dispositivos de segurança, como fusíveis e disjuntores;

· Ramal de Conexão ou Ramal de Distribuição: O ramal de distribuição compreende o conjunto de componentes elétricos entre a medição e o quadro de distribuição geral da unidade consumidora.



O dimensionamento dos equipamentos que o compõe está diretamente relacionado ao tipo de ligação, que pode ser Monofásica, Bifásica ou Trifásica, e do local adequado para sua instalação, que pode ser em poste, muro ou parede. As concessionárias possuem normas que informam quais devem ser as dimensões dos componentes que formam o padrão de entrada de acordo com a carga instalada e demanda do local.

​ No Brasil existem inúmeras concessionárias de energia elétrica e cada uma tem suas normas internas, que são baseadas no PRODIST da ANEEL (Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional). Por esses motivos existem diferentes modelos de padrões de entrada como por exemplo, em ferro, ferro com tampa de acrílico, em poste de ferro, poste de concreto.




PROJETO DE PADRÃO DE ENTRADA

O projeto de padrão de entrada pode ser solicitado por qualquer pessoa a uma empresa especializada, mas principalmente para aquelas pessoas que desejam uma carga instalada acima de 50 kW, pois será necessário a ART (notação de Responsabilidade Técnica) de um responsável técnico.

Antes da concessionária ligar o padrão de entrada é necessário que ela faça uma análise para garantir que todas as normas estão sendo seguidas. Portanto a vantagem de solicitar um projeto de padrão de entrada a uma empresa especializada é que o profissional que o desenvolve, busca soluções eficientes para o cliente.

A empresa que oferece esse serviço, precisa conhecer os padrões definidos pela concessionária de cada região do Brasil. Esse conhecimento é importante para o cumprimento dos prazos e na aprovação do projeto.

Além desse estudo prévio relacionado aos padrões de cada concessionária, o projeto de entrada de energia elétrica contempla:

· Identificação do tipo de caixa que deverá ser utilizada no estabelecimento;

· Definição da chave, se disjuntor ou seccionadora;

· Determinação da bitola dos cabos que entram pela bengala, o cano que desce pela lateral do poste;

· Indicação do modelo de poste;

· Montagem do processo com todos os estudos e envio para aprovação da concessionária;

· Instalação da entrada de energia elétrica após projeto aprovado.

Quer saber mais sobre o projeto de padrão de entrada ?

Contate-nos agora mesmo nesse link.

E-mail: energizejr@gmail.com

Telefone/WhatsApp: (74) 8841-2577

  • Facebook
  • Instagram
  • whatsapp

Energize Jr.
©2019 Todos os direitos reservados.